Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Melodias por aí

Quer saber uma vantagem de ficar em casa desempregado, triste por estar apaixonado? Música.

Desde que não tenho emprego (pouco mais de 2 meses) e que estou apaixonado e rejeitado (aquela dor canalha que me dilacera agora já se foi), passei a escutar mais músicas que não conhecia (graças aos mp3 da vida), descobri novas bandas, novos artistas, novas formas de cantar e tocar. Mas, o mais relevante: dediquei mais tempo ao violão e isso tem sido bastante importante.

Toco mehor (mas não muito), consegui tirar Margaret on the Guillotine, do Morissey, de ouvido (raramente fiz isso - além de para mim ser muito difícil, não tenho muita paciência) e toquei, finalmente, uma de minhas músicas preferidas, que eu nunca tinha atinado a tocar direito por motivos que não interessam.

Essa música é One, do U2. Linda, linda. E agora eu consigo tocar! Eh!

Além disso, compor quando se está deprimido sempre foi meu forte. Nos últimos tempos, no entanto, não tenho composto com a periodicidade que eu gostaria, porque o que eu tenho pra falar é triste e, como quase todas minhas músicas são tristes, achei que ficaria patético eu ficar choromingando sem parar. Por isso, tenho melodias, mas não tenho letras. Não quero fazer música triste só por fazer. Vou esperar pra ter algo legal pra dizer.