Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Continuo a falar sobre bolachas

bolachas.jpg

Continuando o assunto dos biscoitos recheados, que eu comecei lá no final do mês passado, a Nestlé tem lançado sabores alguns diferentes (o que é muito louvável). Primeiro foi a linha Bono, que lançou os sabores Pão de mel e Capuccino. Nem um merece muita consideração. Só o primeiro sobrevive até os dias de hoje e não deve ter vendas muito vultosas, imagino (nem há menção a ele no site da marca - já deve estar morrendo). Recentemente o Negresco deixou de ser apenas aquele biscoito preto que suja os dentes que está entre as piores opções da prateleira, para ganhar mais sabores. O primeiro que provei foi o Negresco Invertido, que é mais ou menos como era minha Fominhas preferida: biscoito de leite e recheio de chocolate. Gostei, apesar de o biscoito não ter gosto de nada e o recheio não soar como chocolate (podiam reforçar um pouco o cacau).

O segundo sabor é IceMint. Do pacote que comprei, em quatro dias consegui a façanha de comer a metade. A outra metade está mofando em uma gaveta há mais de um mês, porque é intragável. IceMint parece sabor de pasta de dentes e não se afasta muito disso: parece que estou comendo Colgate com bolacha. Detestável. Horrível. Dá pra comer uma ou duas se você estiver com muita fome, mas depois dá náuseas só de sentir o cheiro.

Há uns dias fui no supermercado e descobri mais dois sabores da Bono. Comprei o biscoito de chocolate com recheio de Chocolate branco. Nada demais, tem aquele gosto artificial das bolachas Nestlé e um recheio que enjoa rápido, como todas as Bono fazem. Há também a alternativa Floresta Negra. Para meu espanto, é comível. Consegui comer quase todo o pacote (restou uma, triste) sem vomitar. É melhor do que o mesmo sabor da Parmalat. Mesmo assim, só me parece suficientemente bom para quem gosta de saborear plástico.

1 comentário

Comentar post