Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Aftas de Natal

Continuando a história de Natal, resolvi não ir para Rio Grande. Fiquei em Porto Alegre, mais tranqüilo. Saí, apavorado no centro deserto, para uma festa, mas nem pude me embebedar até cair num canto vomitando sem parar, porque apareceram aftas na minha língua que ardiam a cada gole. Mas deu tempo para ver, na TVE, Ivete Brandalise entrevistando quatro papais noéis. Antológico.

Quanto às aftas, surgiram sexta e perduram até hoje. Tenebroso. São três, na parte lateral inferior da língua. Não podia nem falar direito, quanto mais beber, comer, beijar ou lamber picolé de limão. Domingo foi o pior dia. Sem conseguir comer e com a boca incomodando, tive que passar grande parte do tempo dormindo, para poupar energias. Quando acordava, fazia bochecho com Benzitrat, que anestesia um pouco e permite que tudo não vire um inferno.

1 comentário

Comentar post