Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Bogie era um bêbado

"Às vezes, à noite, quando eu e Leslie ficávamos com ele para ver televisão, papai emitia sons como se sentisse dor, e aí fechava os olhos e fingia estar dormindo, de modo que se pensaria que estava apenas tendo um pesadelo."

Humphrey Bogart morreu em 1957, vítima de um câncer na garganta. Foi preciso ser operado para remover o tumor e, como estava já estabelecido no local, foi necessário remover os gânglios linfáticos, o esôfago, além de uma costela, a fim de poderem reacomodar seu estômago mais para cima. Desse modo, quando comia, o alimento caía diretamente no estômago e lhe causava náuseas. Viveu por um ano com a doença; morreu com menos de 40 quilos, aos 56 anos, após entrar em estado de coma.

falcon1.jpg

Acabei de ler Bogart – Em busca do meu pai, biografia do ator escrita por seu filho, Stephen. Não parecia, à primeira vista, ser um bom livro, mas é. O tal Stephen perdeu o pai quando tinha oito anos e viveu a vida toda com sérios problemas pessoas por ser o filho de um dos maiores astros de Hollywood. Pior do que ser filho da Xuxa. Repórteres perseguiam-no, todo mundo queria se aproximar porque tinha uma lenda como pai. Ele cresceu negando Bogart e só aos 40 e poucos anos, depois de passar por dependência química e outras coisas pouco boas, foi convencido por sua esposa a conhecer a vida do pai, sua carreira, relembrar a relação entre eles dois.

O livro foi um caminho para o tal Stephen fazer terapia. E uma maneira de eu saber que, certamente, não me daria bem com Bogie. Ele era irritante, implicante, gostava de discussões gratuitas e devia ter um constante bafo de uísque, porque bebia sem parar. Mas era, pelo que li, um ator dedicado, compenetrado, inteligente, que se preocupava com os roteiros e não fazia qualquer filme só porque o chefe mandava. Levou suspensão diversas vezes, quando existia o que se chamava “contrato de escravidão”.

casablanca17.jpg

O único filme que vi com ele foi A Condessa Descalça, e não me lembro de muita coisa. Preciso ver Casablanca, Sabrina, O Tesouro de Sierra Madre, A Nave da Revolta, Uma Aventura na África e mais uns dois ou três.

1 comentário

Comentar post