Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

É sempre uma aventura

Depois de uma mulher nas Lojas Americanas dizer que eu tenho sotaque espanhol, fui cortar o cabelo. Andei quase uma hora, procurando um lugar que se diferenciasse das barbearias onde eu tinha ido ultimamente, com velhinhos que cortam muito bem, só que fazem coisas muito comportadas. Eu queria algo um tanto diferente, sei lá o quê. Algo que me faça gostar um pouco mais do meu cabelo. Antes eu gostava muito dele. Antes meu irmão dizia que eu tinha o cabelo do Fox Mulder (dividido ao meio, assim caído pros lados) e eu achava isso bom. Mas tudo degenerou-se e agora tudo que tenho é um volumoso montante de fios sem forma definida.

Então eu queria achar alguém mulher ou afeminado para cortar. Andei quadras e quadras, e re-andei todas elas, espiando para encontrar. Tinha um salão que eu queria ir, mas estava cheio e com pessoas acocoradas na mesa da recepcionista. Tinha outros, ali na rua coberta, mas neles havia uma mulher e três velhinhos. Obviamente me passariam para um dos velhinhos e eu não teria cara para recusar. Tinha outros também, com o nome do cabeleireiro grande na porta e pessoas louras fazendo coisas difíceis de compreender, mas daí também já ia ultrapassar o orçamento.

Passei, já cansado, em frente ao Corte Zero. Tinha alguém afeminado e duas cabeleireiras. Pensei “vou ver se rola agora, ou vou marcar hora”. A recepcionista me deixou alegre e disse que poderia cortar naquele momento mesmo. Anotou meu nome e telefone - sabe-se lá por que motivo, e me passou para um velhinho barbeiro.

Sem escapatória, fui. Tudo bem, ele fez um corte comportado, mais longo do que eu vinha fazendo, e nada parecido com o cara que estava numa foto na parede. Eu olhei pro cara e perguntei pro velhinho: “dá pra fazer naquele estilo?”. Não importa o que ele respondeu, importa é que não ficou nada parecido. Até porque o cara era louro. E o barbeiro tinha mau-hálito e falava sobre futebol. Pior: falava sobre futebol comigo.

4 comentários

Comentar post