Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Rinoplastia e septoplastia - Cirurgia - O que não deu certo comigo

Pois a cirurgia do septo é algo muito simples. Geralmente a alta do paciente se dá no mesmo dia, sem tampão no nariz, apenas com curativo superficial. Mas há aqueles casos onde algo não dá certo, e comigo, infelizmente, aconteceu o imprevisto.

 

Minha cirurgia foi em 18 de fevereiro deste ano de 2015. Depois de estar já na sala de recuperação (o tempo de recuperação após a cirurgia é em torno de 2 horas), acordando da cirurgia, pronto para ir pro quarto para receber alta, com meu curativo pequeno da cor da pele sobre o nariz, me fixeram sentar na cama para beber água e então percebemos que eu estava sangrando . Já devia estar sangrando antes, mas como estava semi-deitado não se percebia (estava escorrendo pela garganta, sim, pois é). As enfermeiras ligaram para a médica, que deu instruções de colocarem algodões com cloridrato de oximetazolina e deixassem um tempo. Fizeram isso. Aparentemente sangrar um pouco ao tentar levantar é normal e contornável.

 

Na retirada, em torno de uma hora depois, estava sangrando ainda. Repetiram o procedimento, e chamaram minha mãe para me ver. Era início da madrugada e ela estava aguardando; como eu não iria mais para o quarto, ia ficar em observação até de manhã, a equipe achou bom deixar ela comigo alguns minutos para que pudesse ir para casa mais sossegada. Um tempo depois retiraram os algodões e novamente sangrava. Desta vez minha pressão baixou, meu batimento caiu e acharam uma boa ideia chamar a médica. 

 

Lá pelas quatro horas da madrugada a médica veio para o procedimento de urgência; com um sugador, foi enfiando nas narinas para retirar o sangue e ver o que acontecia. Não tinha o que fazer no momento a não ser me tamponar. O uso de tampões não é mais prática corriqueira na septoplastia, como era antigamente. Praticamente mais ninguém é tamponado - mas eu fui, de urgência, na madrugada, completamente acordado. Imagine que isso é uma experiência das mais horríveis que se pode ter ao recém passar por uma cirurgia. O tampão não é um simples pedaço de algodão, é um negócio enorme, que vai fundo no nariz e preenche as narinas todas de modo que você parece inchado. 

 

tampão-nasal.jpg

 

A partir de então, respirar só era possível pela boca (o que vai deixando os lábios secos e rachados e a garganta ardendo). Cada vez que engolia saliva era um movimento que fazia sentir o rosto todo, e sempre uma tensão pela dor que podia dar.

 

A dor, no entanto, não era muita. Teve uma hora que pedi remédio, logo depois do tamponamento, pq estava ardendo. Fora isso, foi tranquilo neste quesito. 

 

Pois ainda estamos a verirficar o que pode ter causado a epistaxe (que é o sangramento pelo nariz). Ter hemorragia assim não é normal, e talvez eu tenha algo que os exames de praxe não detectaram. Precisarei consultar um hematologista. Era minha primeira cirurgia, nem se imaginava que isso fosse acontecer.

 

No próximo post, o dia tamponado e a retirada do tampão...

 

Post anterior: 

Rinoplastia e septoplastia - Como é

 Post seguinte:

Rinoplastia e septoplastia - Retirando o tampão