Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Michael Jackson, Barrichello, Courtney Love e o gorila

Andei lendo todas as notícias depois da morte do Michael Jackson, e achei deveras interessante que ele tenha escrito uma música sobre o remédio que provavelmente o matou (divinamente recitada pela repórter do jornal Nacional: “Demerol, Demerol / Oh, Deus, ele está tomando Demerol!"), que ele tinha a intenção (dizem) de deixar as músicas dos Beatles em testamento para Paul McCartney, que ele tenha queimado boa parte do cabelo durante a gravação de um comercial da Pepsi em 1984, que ele comprou a ossada do homem-elefante e várias outras idiossincrasias.

Enquanto me incluía neste mundo de ser-humano além do normal, vi esta materinha: Elizabeth Taylor fala sobre a morte do amigo Michael Jackson no Twitter. A atriz costumava ser vista freqüentemente com o cantor, antes de ela ficar debilitada demais. O que me espantou foi o fato de ela fingir escrever no Twitter. Digo fingir porque com certeza ela não faz isso, alguém teve esta idéia muderrrna, que combina muito com uma senhora de 77 anos que tem corpinho de 99, com algum propósito que desconheço (foi o assessor de imprensa? O cardiologista? O neto? O bisneto?). Talvez alguém vá até a cama dela e pergunte “Vovó, o que a senhora acha de o Michael ter morrido?”, “Ai, Jefferson William Taylor Jr, eu acho de última!”, e ele então faz 3 ou 4 posts dizendo coisas como "Não pode ser assim. Ele vai viver para sempre no meu coração, mas não é o bastante. Minha vida parece tão vazia".

Na mesma página, outros posts no Twitter de celebridades lamentando a morte de Michael. Jane Fonda (assessor de imprensa? O cardiologista? O neto? O bisneto?), Demi Moore (o marido?), Miley Cirus, Maria Rita, entre muitos. O que se destaca é o pequeno texto de Rubens Barrichello. Diz assim: “ola gente...que chato esta historia do Michael Jackson. era um grande...fui no show dele em Sao Paulo”.

Desta vez o que me espanta não é o que ele escreve. Porque certamente ele não tinha mais nada para dizer e não ficou inventando, que nem os outros, que dizem coisas como “ele era uma lenda”, “minha inspiração de vida” etc., quando provavelmente nem sabem de nada do cara. O que desta vez me espanta é alguém ter coletado isso no Twitter e ter colocado no meio da materinha do G1, como se fosse grande coisa. Michael Jackson diria: “They don’t care about us”.

Daí fui, por obra do destino, visitar O Fuxico. Abri uma materinha sobre a Courtney Love, que apareceu esquálida em algum lugar. No fim da página tinha algumas manchetes de materinhas anteriores sobre ela. Na mais antiga dizia assim: “Mickey Rourke está namorando Courtney Love”, na mais recente dizia: “Mickey Rourke diz que prefere namorar gorila a Courtney Love”.
 

Ganhei o prêmio!

Um e-mail que recebi continha os dados abaixo, me propondo a comprar um prêmio que para todos os efeitos apareceria como se eu tivesse ganho por meus méritos. Vejam a duvidosa fé do negócio: diz que eu obtive o primeiro lugar nesta premiação, como destaque com índices satisfatórios de QUALIDADE e EXCELÊNCIA na pesquisa realizada com levantamento estatístico por amostragem probabilística utilizando comparativo de gráficos com minha concorrência estadual em mais de 97 municípios do estado do RS. Assim, eu recebi o maior percentual de popularidade quando comparado com a concorrência local. E na parte de baixo me cobra R$ 600,00 para poder receber o sensacional Prêmio Estadual Rio Grande do Sul (que nome criativo, hein?) na Churrascaria Zelão, em Gramado. Quem quiser chegar mais cedo, verá as pessoas assinando os cheques para pagar essa coisa (só aceitam pagamento no dia do evento, as criaturas).

 

Em Porto Alegre não tenho visto muito disso ultimamente, mas houve uma época por aqui e em Pelotas também que existiam vários. Toda semana tinha um comercialzinho mixuruca mostrando o doutor fulano de tal e a empresa sei lá das quantas "ganhando" os prêmios. Inclusive lá por 2005, tempos de vacas bem magras, eu acabei prestando serviços de redação para um desses prêmios, corrigindo e dando sustância aos textos de divulgação que tentavam convencer médicos a comprar um prêmio de excelência em medicina. Um terror.

 

 

  De: dulce _____ me
   E-mail: premioestadualrs@masterpesquisa.com.br
   Data: 09/06/2009
 
" MASTER PESQUISAS/PRÊMIO ESTADUAL - 10° EDIÇÃO

Ref: PREMIO ESTADUAL RIO GRANDE DO SUL ( GRAMADO/RS )

Vimos por intermédio desta, comunicar que obteve o 1° luga r para receber o PRÊMIO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL 2009 que acontecerá na cidade de Gramado, no dia 27/06/2009.
As empresas e personalidades apontadas para receberem esta premiação destacaram-se na pesquisa realizada e classificaram-se com índices satisfatórios de QUALIDADE e EXCELÊNCIA, nos serviços prestados.
O levantamento estatístico que possibilitou esta premiação foi realizado por amostragem probabilística, onde houve um comparativo de gráficos com sua concorrência estadual em mais de 97 municípios do estado do RS.
Conforme a metodologia aplicada na pesquisa, comunicamos que receb eu o maior percentual de popularidade quando comparado (a) com a concorrência local, a qual, aplicada em nível estadual, possibilitou a aferição do índice que habilita o recebimento do PRÊMIO ESTADUAL DO RIO GRANDE DO SUL.

Segue abaixo os dados e a programação para o dia do evento:

• Local: Churrascaria Zelão.
• Horário: 20:00 hr.
• Jantar para 02 (duas) pe ssoas
• Projeto de Marketing
• Entrega do Troféu (PREMIO ESTADUAL)
• Entrega do Certificado
• Entrega do Gráfico de popularidade com percentual de aceitação e descrição do 2º. e 3º. Colocado.
• Foto do evento (Momento da Entrega)
• Valor: 600,00 (Seiscentos Reais)
• Forma de pagamento: 04 (Quatro) parcelas de R$ 150,00 (Cento e cinqüenta reais) em cheque pré-datado e cruzado no d ia e local do evento (PAGAMENTO SOMENTE NO DIA DO EVENTO)
• Divulgação na Revista Master Destaque.


Realizamos com sucesso varias edições de Prêmio Estadual:

RS: Gramado (Churrascaria Zelão) 10ºedição (54) 3286-2715
SC: Florianópolis (Terraço Gaia Hotel Mercury lindacap) 8º edição (48) 3225-4500
MS: Campo Grande (Hotel Jandaia) 3° edição (67) 3316 770
MS Campo Grande (Churrascaria do Gastão) 4º edição (67) 3029 432

(45) 3326-9541 FALE COM NOSSOS ATENDENTES (DULCE) site: www.masterpesquisa.com.br