Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Who's afraid of the big blue cock?

Esforcei-me nas últimas 2 semana para ler todos os exemplares de Watchmen. Segunda-feira consegui e finalmente pude ir ao cinema, quando apenas duas salas exibem o filme aqui em Porto Alegre, em apenas dois horários. Não vou começar com aquela história pedante de "o livro é melhor" e blá blá. O filme é bem interessante, até a metade é muito bom, depois acaba decaindo por causa da superficialidade própria de adaptações de grandes obras grandes. Algumas coisas alteradas, outras menosprezadas, outras ignoradas, outras aumentadas (nos livros o pênis do Dr. Manhattan não é daquele tamanho) e assim se faz uma obra cinematográfica com um tanto de imaginação e bom (mau também) gosto.

Fui assistir ao filme no Cine Victoria. Quarta-feira é mais barato, mas não foi por isso que eu estava lá. Enquanto espero o início de la película, vou percebendo o comportamento humano e percebo que há umas 27 pessoas na sala (depois entram mais 2, mais 3, mais 1 e ficam em torno de 33). Dessas 33, metade eram homens sozinhos (eu também, eu também!), eram 14 na primeira contagem, depois o número ficou em 16 ou 17. Nenhuma mulher sozinha. Percebo em minha mente que poucas vezes vejo mulheres sozinhas no cinema. Homens, muitos.

Hoje havia algumas mulheres, todas acompanhadas. Inclusive, estava eu na ala direita de poltronas (a pior ala, porque fica no caminho da porta, e sempre passam 20 vezes na minha frente no Victoria), sozinho, quando chega um carinha com uma guria (eu fotografei-os em uma festa, aliás), e sentam logo atrás de mim quando o filme tinha acabado de começar. Ela já começa a falar sem parar, e tenho que trocar de poltrona. Vou mais para baixo, onde é pior de ler as legendas, mas pelo menos tenho silêncio.

Isso não quer dizer que os homens vão sozinhos para não serem incomodados pelas mulheres, mas enfim, sei lá qual minha conclusão.

Não fui ao supermercado. Droga.