Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

A Casa de Quartos – Parte 4: Gisele Bündchen do Morro Santana

Certo dia acordei e na sala da pensão estava, vendo televisão, uma figura enigmática, vestida com uma camisa preta e maquiada pesadamente. Tinha uns 25 anos, era morena, estilo mulher com muito hormônio masculino. Um novo casal que morava lá apresentou-a como sendo a Cris. Eu não tinha muito o que fazer e me sentei na sala um pouco e a Cris começou a puxar assunto. Contou sua história de vida. Mentiras cabeludas. Principalmente levando-se em conta que ela era um travesti.

 

Disse que havia uns anos tinha começado sua carreira de modelo, muito bem sucedida. Participou de um grande concurso para a revelação de novos talentos da moda e eis que – pasmem! – ficou em segundo lugar, perdendo apenas para Gisele Bündchen. A partir de então começou a trabalhar muito, fez alguns desfiles em Milão, mas estava querendo mesmo era desenhar roupas. Então ficou morando uns tempos na Europa fazendo cursos com estilistas na França e na Holanda, e agora que estava de volta a Porto Alegre resolveu se inscrever - vejam só! – num curso do Senac e foi morar ali naquela casa decadente, enquanto trabalhava de promoter. Fingi que achei tudo lindo.

 

No dia seguinte o assunto na casa era o fio dental que ela usava para dormir, muito visível pela janela de vidro do seu quarto. Dois dias depois, ela desapareceu de lá, sem nem me dar tchauzinho.

 

Para ilustrar tudo, eis aí uma foto da casa, do de lado de cá do muro (havia um muro de três metros e mais alguns degrauzinhos do outro lado).

A janela ali é a do quarto onde ficou Cris.