Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

não sei o que é uma cunha

Quem assistiu ao Jornal da Globo esta semana pôde ter uma leve desconfiança (senão uma grande certeza) de que a emissora está fazendo campanha contra a aprovação de qualquer lei de discriminalização do aborto. A capa da última revista Época também trata do tema. Não li a matéria principal porque não está disponível no site e eu não estou a fim de gastar dinheiro em revistas semanais que daqui a menos de um mês vão custar 50 centavos nem sebo; mas há um "exclusivo online" com depoimentos de mulheres que já fizeram aborto. Tem lá Cássia Kiss, Vera Zimmermmann e Soninha. A mais sangrenta é a narração de uma advogada. Vou botar um trecho logo abaixo, já que está mais ou menos no espírito do filme asiático que eu vi. Para quem tem estômago fraco, imaginação impressionável ou está de estômago cheio não é aconselhável a leitura.

"Eu não sabia o que ia acontecer depois. Ainda fui trabalhar à tarde. O efeito veio às duas da manhã, quando eu acordei com cólicas muito fortes. Fui ao banheiro e vi o feto escorrer junto com o sangue. Mergulhei as mãos no vaso sanitário e tirei. Eu estava de quatro meses, o feto era do tamanho da palma da minha mão fechada no formato de uma cunha. Coloquei num pedaço de papel e fiquei olhando para ele, ele tinha os dedinhos formados. Eu queria olhar o sexo, mas não tive coragem. Eu sempre quis ter um filho homem, e até hoje só tive três meninas"