Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

obnubilado

Blog que ainda existe, apesar do tempo.

Conviction

 

 

Nem sabia da existência desse filme (que se chama "Uma vida pela liberdade" no Brasil), e de repente comecei a assisti-lo e achei o negócio um tanto impressionante. Não pelo filme em si, mas pelo exemplo de convicção, esperança, perseverança e abnegação de alguém que realmente acredita na inocência de outra pessoa.

Baseado em fatos reais, trata de um caso emblemático de condenação equivocada. E não é pouca coisa: Kenny Waters foi condenado à prisão perpétua por assassinato, e a irmã dele, Betty Anne, passou os 18 anos seguintes concluindo o high school e fazendo faculdade de direito para que finalmente ela pudesse assumir o caso e tentar reabrir o processo. E, apesar de um mundo de contrariedades, ela, com a ajuda do The Innocence Project, milagrosamente consegue provas materiais e evidências de falsos testemunhos e manipulação de testemunhas pela polícia e consegue libertar o irmão.

Uma história polpuda dirigida por Tony Goldwyn (o amigo traidor de "Ghost"), com ótimos atores (Hilary Swanky, Minnie Driver, Sam Rockwell), fotografada com uma câmera inquieta pelo brasileiro Adriano Goldman. Não é um grande filme, mas é algo que faz a gente pensar "eita, se fosse meu irmão, dedicaria assim minha vida para tentar provar a inocência dele?". Pessoas podem sempre surpreender, para o bem e para o mal. É sim.

Em 2009, a família dele foi indezinada em 3,4 milhões de dólares pelo erro judicial. A policial responsável pelas falsas acusações não pôde ser punida, no entanto, porque já havia passado muito tempo.

Mas a ironia de Deus foi que, após o cara ficar 18 anos preso, ele finalmente começa vida nova em liberdade e MORRE AO CAIR DE UM MURO, SEIS MESES DEPOIS de sair da cadeia.

Nesse pequeno vídeo aparece um pouco da história e dos personagens reais: